Quem somos

Danielle

Danielle Habkost, de 1989, economista chefe e ministra da fazenda da viagem. É corredora nas horas vagas e chata por opção (a insatisfação é o motor do mundo). Por ser caxias, achou a idéia de uma volta ao mundo um absurdo: tinha um emprego legal, um apartamento legal e uma vida legal. Até que deu aquela coceirinha e a vontade de liberdade falou mais alto. Um dia Billy Joel cantou: “slow down, you crazy child, take the phone off the hook and disappear for a while, it’s alright, you can afford to lose a day or two…”, e ela pensou que era com ela. Ela achou dois dias pouco e, na dúvida, decidiu tirar logo um ano inteiro.



Caio

Caio Begotti, de 1982, linguista e navegador geográfico da viagem. Pé descalço, sempre implicante e ainda está em negação da sua natureza nerd, ou geek, a depender da conveniência. Tem cara de bravo mas é um crianção querendo conhecer paisagens e línguas, tentando ver se enxerga sentido em alguma coisa aí fora. Decidiu dar a volta ao mundo pra se curar da sua misantropia, ou não… e também porque já que o mundo não acabou em 2012 é bom aproveitar enquanto resta alguma coisa dele.



Somos um casal de Curitiba que saiu pra uma volta ao mundo no começo de 2013 e retornou pra casa agora no início de 2014. Visitamos 15 países e não sei quantas cidades e vilas. Esse é o nosso site pra celebrar a viagem, que jamais esqueceremos e queríamos guardar na lembrança mesmo que ninguém mais lesse nossos posts nem visse nossas fotos :-)

20 comentários (+manda o seu?)

  1. Mariangelamaribegotti
    Mar 02, 2013 @ 00:05:00

    Adorei !!!

    Reply

  2. mariangela begotti
    Mar 20, 2013 @ 22:02:00

    Adorei a descrição sincera das personalidades…..rsr

    Reply

  3. Rodrigo Stulzer
    May 28, 2013 @ 10:25:00

    “Here’s To The Crazy Ones. The misfits. The rebels. The trouble-makers. The round pegs in the square holes. The ones who see things differently. They’re not fond of rules, and they have
    no respect for the status-quo.

    You can quote them, disagree with them, glorify, or vilify them.About the only thing you can’t do is ignore them. Because they change things. They push the human race forward. And while some may see them as the crazy ones, we see genius.

    Because the people who are crazy enough to think they can change the world – are the ones who DO !”

    Reply

  4. Alessandra Faria
    Feb 19, 2014 @ 21:06:00

    Parabéns pessoal…. Amei o blog de vcs….. Tenho uma filha de 11 anos e só to esperando ela crescer um pouco mais pra dar uma volta ao mundo com ela….. Com certeza esse projeto de vcs vão me ajudar muito……

    Reply

    • caio1982
      Feb 19, 2014 @ 22:29:00

      Valeu, Alessandra! Se a gente tivesse um filho ou filha nessa idade já faríamos logo, é muito legal, conhecemos VÁRIOS casais com crianças pré-adolescentes assim e parece muito divertido, não fica com medo não :-)

      Reply

  5. Jessica Balbino
    Feb 23, 2014 @ 18:35:00

    Muito legal a viagem de vocês! Em junho saio com meu marido para um período sabático também. Vamos ficar 7 meses viajando. Queria entrar em contato com vocês para algumas dicas, já que voltaram quase agora. É possível? Meu email é jessicadmb@gmail.com
    Abraços

    Reply

    • caio1982
      Feb 23, 2014 @ 19:54:00

      Oi, Jessica! Legal que vai vazar por um tempo do cotidiano, boa viagem e vamos conversar sim :-)

      Reply

  6. Sharon Eve Smith
    Mar 02, 2014 @ 12:14:00

    Oi, Casal Alfanumérico :) faz uma semana que encontrei o blog e já devorei tudo que podia no meu tempo livre! Parabéns pela viagem, pela qualidade dos posts e obrigada por compartilharem tudo isso :) Devo ir pra Curitiba logo e adoraria encontrá-los pra um bate papo! Se vcs puderem, ficarei super feliz! Um beijo!

    Reply

    • caio1982
      Mar 02, 2014 @ 12:31:00

      Oi, Sharon! Valeu por gostar do blog, seria um prazer encontrar sim, avisa a gente quando estiver pela cidade :-)

      Reply

      • Sharon Eve Smith
        Mar 05, 2014 @ 10:49:00

        Eba, Caio! Tem algum outro canal pra gente se falar? Email, face? :) Vou praí semana que vem :)

  7. Joanna OM
    Mar 04, 2014 @ 21:44:00

    Boa noite casal “ousadia e movimento” adoramos vossos compartilhamentos. Somos gratos pelas várias dicas, mas não nos contentamos somente com o virtual. Somos um casal que tem muita vontade de jogar-se a mercê dos presentes do Mundo. Moramos aqui perto SC e vamos com frequência à Curitiba. Gostaríamos de saber a possibilidade de um encontro super informal para maiores trocas. Esse encontro também pode ser por aqui se for da vontade de vocês. Abraços carinhosos, estamos no aguardo Joanna e Jonathan.

    Reply

    • caio1982
      Mar 05, 2014 @ 11:42:00

      Oi, Joanna :-) ia ser bem legal um papo sim, aqui em Curitiba fica mais fácil pra gente com certeza então quando estiverem por aqui nos dêem um toque!

      Reply

  8. Camila
    Mar 06, 2014 @ 17:26:00

    Parabéns pela coragem! a viagem de vocês é de inspirar qualquer um! temos medo de abandonar o conforto e a sensação de estabilidade que temos na vida, mas quando vejo coisas assim, acordo pro fato de que a vida é muito mais, e que fazer essas loucuras vale sim, muito a pena!
    Adorei tudo! e ainda espero fazer isso!
    Abraços

    Reply

  9. Bruna Alcantara
    Apr 04, 2014 @ 15:02:00

    Poxa, que maravilhoso! Morro de vontade de fazer algo assim. Como vocês se planejaram?
    Adoraria conversar com vocês!

    =)

    Reply

  10. Mauro
    Apr 12, 2014 @ 15:18:00

    Caio,
    Em julho farei o terceiro mochilão para a euro com a minha esposa, porém estou pirando com a vontade de fazer uma volta ao mundo como essas… Tenho duas perguntas que não encontrei resposta no blog (li 90%, parabéns!).

    1 – Você mudou alguma coisa da sua passagem RTW ao longo da viagem? Teve custo? Tem flexibilidade?

    2 – Você já saiu com hospedagem paga para todos os lugares ou deixou na sua mega planilha os hostels que te interessaram e a medida que chegasse perto você fazia a reserva?

    Em resumo, a pergunta é a mesma: que nível de flexibilidade teve o seu roteiro?

    Abraço!

    Reply

    • caio1982
      Apr 12, 2014 @ 16:02:00

      Fala, Mauro, que bom que gostou do que leu no blog! Vamos lá então: 1) a flexibilidade no nosso caso só não foi total por falta de grana pra viajar mais dentro do bilhete RTW, mas mudamos nossas datas do bilhete RTW uma vez e custou algo como 50 dólares porque uma agência fez isso pra gente (estávamos no meio das montanhas no Nepal, então não pudemos economizar fazendo isso por conta). Normalmente as alianças de companhias aéreas nem cobram isso, só agências emissoras (se usar uma). E 2) saímos com zero de hospedagem, nem tínhamos onde dormir no dia seguinte quando saímos do Brasil, mas com o tempo fomos na dinâmica de procurar onde dormir sempre 1 semana antes, pra não ficar muito rígido e dar tempo de mudar planos ou ver algo mais em conta. Sempre tínhamos nas planilhas pelo menos 2 albergues e 2 couchsurfers “preferidos” e aí no momento certo víamos se era um deles ou um plano novo. Se nosso conselho vale algo: desista de mais um mochilão curto, parta logo pra uma volta ao mundo que jamais irão se arrepender, ajuda nossa é que não faltará :-)

      Reply

      • Mauro
        Apr 12, 2014 @ 21:03:00

        Obrigado pelas dicas Caio! Hehehe, o mochilão já está todo pago e será em julho, esse não dá para cancelar… Na verdade a ideia de fazer a volta ao mundo surgiu essa semana, então ainda precisa de um tempo de planejamento… Só para você ter uma ideia estava conversando com a minha esposa hoje pela primeira vez sobre o assunto (ela ficou assustada) mas acho que com o tempo vai dar tudo certo. Penso em planejar a viagem para o meio de 2015! Me cadastrei no couchsurfing depois que li o blog de vocês…

        Abraço!

  11. Angelica
    May 28, 2014 @ 16:28:00

    Bom dia, excelente blog e historia, gostaria de saber se o casal oferece palestras sobre a sua aventura de volta ao mundo?

    Reply

    • caio1982
      May 29, 2014 @ 09:04:00

      Oi, Agelica! Oferecemos sim, falta só o convite :-)

      Reply

Leave a Reply